Páginas

domingo, 15 de setembro de 2013

Crystal 3D Autoligado

Hoje vamos falar um pouco mais sobre o aparelho AUTOLIGADO CRYSTAL 3D.

Este aparelho foi desenvolvido pela Self Ligating University, e cada vez mais tem conquistado pacientes e ortodontistas devido a sua excelente estética e por ser autoligado!


AUTOLIGADO CRYSTAL 3D
Este aparelho tem em sua composição fibra de vidro, que lhe dá uma característica quase invisível, e além disso é o único aparelho autoligado TOTALMENTE estético, ou seja, sem "Clipe" metálico!

Autoligado estético com clipe metálico


Exemplo de Autoligado estético com "Clipe Metálico"

Observe que apesar de estético o fechamento do aparelho é com clipe metálico deixando a desejar na parte estética!



O Aparelho Crystal 3D como o próprio nome diz, tem um design 3D, com menos locais de irritação da mucosa oral (bochechas e lábios), fazendo com que o tratamento seja o mais indolor possível.

Além disso, este quando utilizado com fios termo ativados (tecnologia da Nasa) gera uma movimentação dental mais rápida e muito mais confortável, diminuindo o tempo de uso!


Veja o vídeo da colagem do CRYSTAL 3D em um paciente...




Além dos tradicionais aparelhos de Porcelana e Safira, nosso consultório conta também com esse aparelho que tem como característica ser " invisivelmente rápido". 

Se quiser saber mais sobre as vantagens dos aparelhos autoligados em relação aos convencionais, leia o post Diferenças entre aparelhos autoligados e convencionais.

Qualquer dúvida ou sugestão estou a disposição







domingo, 8 de setembro de 2013

Diferenças entre Bandas Ortodônticas (Anéis) & Tubos Colados

Quase sempre ao fazer uma avaliação em meus pacientes, vem logo a pergunta:
 - "Doutor, vou ter que usar aquele anel, que todo mundo fala que machuca e dá cárie??"

Devido a esse grande número de pacientes que me perguntam isso, resolvi publicar este post, que visa esclarecer por completo esta dúvida!

Já adiantamos, que aqui no nosso consultório, a MAIORIA ABSOLUTA dos pacientes não usam as bandas ortodônticas, e sim os TUBOS COLADOS.

Para começar...

Os anéis ou bandas ortodônticas são peças metálicas cimentadas nos dentes para que o ortodontista possa colocar neles acessórios como tubos, ganchos, botões, braquetes, aparelhos ortopédicos, etc... Portanto a banda ortodôntica serve apenas para segurar o acessório. Ela ainda é muito utilizada por muitos ortodontistas.

Banda cimentada com tubo simples
Neste exemplo mostramos uma banda ortodôntica cimentada em um molar, para que possa segurar um tubo simples. 

A única função da banda aqui, é segurar o tubo.
A banda não serve para "apertar o aparelho", "travar o aparelho" ou ainda para "segurar o fio" no aparelho.

O fio ortodôntico será colocado dentro do tubo.



Curiosidade...

Antigamente, antes de existir a colagem direta (braquetes colados diretamente no dente), todos os dentes eram bandados com braquetes, sendo o tratamento muito mais sofrido e oneroso. Além disso o sorriso ficava extremamente prejudicado, com aspecto de "sorriso metálico".


Bandagem total dos dentes em um tratamento ortodôntico

Com a evolução das resinas de colagem, os aparelhos foram também evoluindo, deixando de usar as bandas ortodônticas para a colagem dos braquetes.
Porém até hoje, a maioria dos ortodontistas ainda utilizam as bandas ortodônticas nos dentes posteriores (dentes molares).

Observe as BANDAS nos molares segurando os TUBOS
E quanto as cáries???

Uma das maiores preocupações existentes quanto a colocação das bandas ortodônticas, é relativo às cáries que aparecem, quando as mesmas são retiradas, ao final do tratamento.

Um dos motivos de haver uma grande quantidade de cárie nos dentes bandados, era o material utilizado na cimentação das bandas.

O material utilizado era o cimento de fosfato de zinco. Este cimento apesar de utilizado até hoje, não libera flúor, o que colabora muito com o aparecimento de cáries.

Um outro aspecto relativo a maior quantidade de cáries, é a dificuldade de higienização do dente, que está com a banda. 

Esta falta de higiene, somada a um cimento sem liberação de flúor, e um descolamento da banda causada por um descuido com a alimentação (Balas, alimentos duros, grudentos, etc.) tem como resultado o aparecimento de cáries ao final do tratamento!





CARIE APÓS RETIRADA DE BANDA ORTODÔNTICA







Hoje, a maioria dos ortodontistas usam um cimento de IONÔMERO DE VIDRO, que libera flúor, e mesmo com as dificuldades de higienização, as cáries no final do tratamento diminuiram consideravelmente, mas ainda sim estão presentes.

Como são colocadas??

As bandas são cimentadas após os dentes serem afastados por um elástico ( que gera um certo desconforto ao paciente ). Veja a sequencia de vídeos abaixo:


  Separador elástico ortodôntico

  Bandagem após separação com elásticos


 E os Tubos Colados???

Atualmente existem resinas de qualidade superior que conseguem fazer a colagem dos tubos diretamente nos dentes posteriores. Esta evolução foi muito importante para o conforto, higienização e facilidade de tratamento aos pacientes.


Tubo colado diretamente ao dente
Diferença entre Banda Cimentada e Tubo Colado











Com os tubos colados aos dentes, praticamente não encontramos mais cáries no final do tratamento ortodôntico.

Mas atenção, se o paciente não colabora com o tratamento, muitas vezes temos que substituir o tubo colado pela banda ortodôntica, pois quando o tubo solta, pode atrasar consideravelmente o tratamento.


TUBO ESTÉTICO COLADO

Já contamos aqui no nosso consultório, com tubos estéticos colados! Além de terem todas as características dos tubos colados (sem bandas ortodônticas), são quase invisíveis!

Tubo Estético Colado

Qualquer dúvida estou a disposição


sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Diferença entre aparelhos AUTOLIGADOS e CONVENCIONAIS

Uma dúvida muito comum a todos os pacientes é relativo aos aparelhos AUTOLIGADOS, e suas diferenças em relação aos Convencionais.

Para sanar esta dúvida, vou fazer uma breve descrição dos aparelhos e mostrar a IMENSA diferença que existe entre os dois tipos de aparelhos.


APARELHO CONVENCIONAL

A principal característica de um aparelho convencional é o uso de ligaduras elásticas (Borrachinhas).
Podemos ver isso claramente na foto ao lado.

Apesar de bonitinhas, as ligaduras elásticas prejudicam e muito no desenvolvimento do tratamento, uma vez que, por serem muito porosas, são responsáveis pelo acúmulo de bactérias, gerando CÁRIES, TÁRTARO, MAU HÁLITO. Além disso, um outro problema MUITO SÉRIO é que as borrachinhas causam muito ATRITO com o fio, fazendo com que o tratamento fique mais limitado, lento, MAIS DOLORIDO, e muito mais prejudicial aos tecidos periodontais (o osso, a gengiva, além do dente).



APARELHO AUTOLIGADO

A principal característica dos aparelhos AUTOLIGADOS é a ausência das ligaduras elásticas. Observe a foto ao lado!

Sem as ligaduras elásticas, o acúmulo de bactérias no aparelho diminui drasticamente, evitando assim CÁRIES, TÁRTARO, MAU HÁLITO, e outros problemas relacionados. Além disso, por não ter borrachas, o tratamento AUTOLIGADO é muito mais eficiente, RÁPIDO, INDOLOR e não prejudica os tecidos periodontais, pois usa uma força bio adaptativa, ou seja que imita a força fisiológica de erupção dos dentes. (FORÇA LEVE, SEM DOR).


DIFERENÇA NO TRATAMENTO

Uma das principais diferenças entre os dois aparelhos, é que com o AUTOLIGADO, o ortodontista tem condições de fazer a maioria dos tratamentos SEM EXTRAÇÕES DENTÁRIAS, além de conseguir uma excelente expansão maxilar (SORRISO FICA MAIS ABERTO).

Essa diferença está revolucionando os tratamentos ortodônticos e ortopédicos atuais, fazendo com que a ortodontia alcance patamares de sucesso altíssimos, e deixando cada vez mais pacientes satisfeitos com seus sorrisos!   ASSISTA ESTE VÍDEO E ENTENDA MELHOR




Gostaríamos de lembrar também, de um detalhe muito importante para quem busca aparelhos MAIS ESTÉTICOS E DISCRETOS!

Os aparelhos AUTOLIGADOS ESTÉTICOS, como todos os aparelhos autoligados, não usam as ligaduras elásticas, mantendo assim a cor do aparelho (INVISÍVEL) por todo o tempo do tratamento! Isso significa TRATAMENTO ESTÉTICO, MODERNO, SEM DOR, E COM TEMPO REDUZIDO!




Qualquer dúvida ou sugestão estou a disposição!
       

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Nomenclatura dos componentes de um aparelho ortodôntico

Uma dúvida muito comum a todos os pacientes de tratamentos ortodônticos e ortopédicos é quanto à nomenclatura dos componentes dos aparelhos.
Existem muitos acessórios utilizados para a montagem e evolução do tratamento, gerando muitas dúvidas e desentendimento quando o paciente liga e tenta explicar para o profissional o que está acontecendo com determinada parte de seu aparelho.
Devido ao grande número de pacientes que pedem um guia para melhorar a comunicação com o ortodontista, resolvemos definir e nomear todas as partes dos aparelhos mais utilizados.

Começamos pelo básico!

Partes de um aparelho ortodôntico

Braquetes:   Os braquetes são os componentes principais do aparelho ortodôntico, sendo colados no dente através de uma resina, apos a remoção da placa bacteriana. Os braquetes têm a função de fazer a movimentação dentária, junto com os arcos ortodônticos, levando o dente para a posição mais adequada na boca. Atualmente existem braquetes convencionais, que utilizam as ligaduras elásticas para se conectarem ao arco, e braquetes AUTOLIGADOS, que eliminam o uso das ligaduras elásticas.
Braquete CONVENCIONAL
         
Braquete AUTOLIGADO

Tubos: Os tubos são colados nos molares (dentes posteriores) e tem a mesma função dos braquetes, sendo que nos tubos podem existir um ou mais espaços destinados a colocação de outros tipos de aparelhos como Arco Extra Bucal, ou arcos acessórios.
Tubo Ortodôntico

Arcos: Os arcos são os fios colocados nos braquetes. Existem muitos tipos de arcos, desde os mais simples de aço normal até os de Niquel com Titânio, termo ativados. A função do arco é fazer com que o dente colado ao braquete se movimente, indo para uma posição adequada na arcada dentária.


Bandas: As bandas são os anéis colocados em volta dos dentes, com a finalidade de segurar algum acessório ou aparelho, como os tubos ou mesmo alguns aparelhos ortopédicos. As bandas em geral estão cada vez menos sendo utilizadas. No aparelho ortodôntico, a função do anel com o tubo é a mesma função do tubo colado no dente! Resinas de boa qualidade seguram o tubo no dente, fazendo com que as bandas caiam em desuso!
Banda Ortodôntica com tubo adaptada em molar


Comparação entre a Banda e o Tubo. Ambos têm a mesma função!

Ligaduras Elásticas: As ligaduras elásticas são as famosas "borrachinhas" e  tem a função de ligar o arco ortodôntico ao braquete. Apesar de famosas por darem o colorido ao aparelho, elas são as grandes vilãs nos tratamentos ortodônticos, uma vez que acumulam bactérias causadoras de tártaro, mal cheiro e cáries. Alem disso atrasam muito o tratamento devido ao atrito gerado. Felizmente hoje já exitem tratamentos mais evoluídos, sem a necessidade da ligadura no aparelho. (APARELHOS AUTOLIGADOS).
Ligaduras Elásticas Coloridas

           Qualquer dúvida, estou a disposição!


sábado, 17 de agosto de 2013

Sejam todos bem vindos!

Este é o blog para quem usa ou quer usar um aparelho ortodôntico ( estético ou convencional) e quer informações atuais, confiáveis e de simples entendimento sobre como cuidar de seus dentes e aparelhos, tipos de doenças e má oclusões, mundo da ortodontia contemporânea, o que há de mais novo em tratamentos e possibilidades terapêuticas, enfim, um blog completo sobre o mundo da odontologia e ortodontia / ortopedia funcional!

Faremos postagens desde as mais simples até postagens mais elaboradas e avançadas! 

Tentaremos esclarecer todas as dúvidas possíveis sobre o mundo da odontologia!

Sejam todos bem vindos.